25 de julho de 2014

1

Fanfic Liam Payne cap 5

Cap 5
"Ter amigo gato, não é fácil"





Mais um dia congelante, confesso que 3 meses ainda é pouco para me acostumar com esse frio londrino. Passo a maioria do meu tempo com Victor, somos tão amigos e fazemos várias coisas juntos, que algumas pessoas pensam que somos namorados. Me encontro no apartamento dele, debaixo de 3 cobertas, ouvindo 1D. Victor até ouve algumas musicas comigo, mas acha os meninos muito gays.

Meu aniversario esta chegando, e sera o meu primeiro aniversário longe da família. Estou com muita saudade deles, da comidinha da mamãe, do calor do Brasil. Todos os dias procuro arrumar um tempinho para conversar com eles, dizer que estou bem, que mesmo que o fim do meu ultimo namoro tenha me machucado muito. Estou viva e pronta para um novo amor. Victor vive me dizendo que não vale a pena me importar tanto com quem já me esqueceu. Sei que ele esta certo, mas não tenho a capacidade de esquecer quem gosto tão fácil. Estou decidida a seguir em frente, e Victor está me ajudando muito. Apos algum tempo de procura, encontramos um filme para assistimos. Ele entrou debaixo das cobertas, logo colocou seus bracos a minha volta, me abraçando e deixando o lugar mais quentinho. Em certos momentos, podia afirmar que ele me olhava ao invés de assistir o filme. E isso deixava minhas bochechas avermelhadas. Victor se aproximou do meu pescoço, e eu acabei me assustando e o derrubando refrigerante.

(s/n): Me desculpa.

Victor: Tranquilo, vou trocar a camisa.

(s/n): Ok. -Depois de alguns minutos vendo filme, que fui perceber que não havíamos feito pipoca. Me direcionei a cozinha com a intenção de faze-la, o que foi em vão, por que como não estou no meu apartamento, não sei aonde esta a pipoca de microondas. Fui ao quarto de Victor, perguntar aonde estava, mas esqueci o que ia perguntar ao me deparar com ele sem camisa. Senti uma vontade louca de beija-lo e foi o que fiz. Foi um beijo bom, meio apressado, mais bom. Depois que percebi o que eu havia feito, sai correndo sem nem me despedir e me joguei na cama com a intenção de dormi, o que demorou longos minutos.

Continuaa


Um comentário:

  1. Você pf pode colocar os próximos capítulos.

    ResponderExcluir

ai dentro existe um mundo de possibilidades, só basta imaginar...