19 de dezembro de 2012

3

imagine niall horan cap 19

fui pro apartamento...

uma menina de sorte ou não
episódio de hoje: o show .


cheguei em casa tomei outro banho (a personagem gosta mesmo de água né! rsrsrs) e fui caminhar.

[...]

no dia seguinte eu acordei coloquei essa roupa:
hoje é o dia do show eu tava super ansiosa pra ir. ah esqueci de dizer que o niall me convidou né.

frashback on 

ligação on

niall: alô vii(seu apelido)

eu: oi ni

niall: então você quer ir no show do one direction?

eu: - fiquei de boca aberta- o-o que?

niall: você quer ir no show do one direction?

eu: claro que eu quero ir niall! ai meu deus, eu vo pirar! quando é?

niall: amanhã. eu vou te buscar as 6 porque eu tenho que chegar uma hora antes lá tá?

eu: tá. meu deus. isso é um sonho? não só pode ser um sonho!

niall: então combinado. eu passo ai as 6. ah esqueci te amo.

eu: também te amo meu lindo.

ligação off

flashblack off

fui tomar café e ver tv eu tinha acordado tarde hoje então já era 11:30. bom eu tava tomando café quase na hora do almoço, terminei de tomar café e fui no shopping pra comprar minha roupa.

tava chegando no shopping e esbarrei em uma menina ela era muito bonita cabelos longos e olhos azuis.


eu: me desculpe.

menina: não foi nada.

eu: é posso saber o seu nome?

menina: é melody. mas pode me chamar de medy.

eu: bonito nome eu me chamo vitória(seu nome) mais pode me chamar de vii(seu apelido)

medy: você tem um sotaque estranho. você é da onde?

eu: é eu sei. eu sou do brasil e você?

medy: nossa eu também! que demais!

eu: que legal!

a medy é muito elétrica e simpática é bom conhecer pessoas novas pois é muito difícil fazer amigos com o trabalho da minha mãe agente sempre tá em lugares diferentes.

(nós estávamos falando português)

medy: tá fazendo o que? 

eu: vim fazer compras, vou ir ao um show hoje.

medy: eu também vim fazer o cabelo e comprar uma roupa pra ir a um show. posso saber a que show você vai?

eu: no do one direction.

medy: caraca eu também vou no show deles! 

eu: você é directioner?

medy: sim eu sou e você?

eu: SIIIM!- falei com um sorriso no rosto.

medy: ai meu deus. obrigado por esse ser ter esbarrado em mim.

eu ri do que ela disse.

medy: então vamos as compras juntas?

eu: claro!

fomos numa loja gigante 

eu: então qual é o seu preferido?

medy: o bundudo mais sexy do mundo-ela gargalhou e eu também.- 

eu: acho que ele ia adorar te conhecer.

medy: como assim ele ia adorar me conhecer?

eu: digamos que eu conheço a one direction.

medy: O QUEEE? - ela deu um grito no meio da loja e todo mundo olhou pra gente- (sussurrando)- quer dizer  o que?

eu: é digamos que eu conheço o niall horan- disse mexendo um algumas peças de roupas.

medy: pera ai me explica isso direito vitória(seu nome)

eu: tá vou te contar do inicio. no ano passado eu conheci o niall na califórnia ai agente virou amigo, só que eu tive que voltar pro brasil por causa da minha mãe, ai ela recebeu uma proposta de emprego pra vir pra cá. ai agente se reencontro aqui em new york.

ela tava do boca aberta 

medy: você é a pessoa mais sortuda que eu ja conheci em toda a minha vida. 

eu: boba. agora vamos fazer as compras 

nós compramos nossas roupas e fomos pro salão fizemos o cabelo e já eram 3:30 já tava na hora de ir pra casa.

eu: hey medy você quer ir no show comigo?

medy: sim vamos! 

eu: então tá agente se arruma lá em casa tá?

mady: tá

agente foi pra casa eu me joguei no sofá e a medy ficou toda esparramada em outro. resolvi ligar pro niall pra avisar da medy.

ligação on

eu: alô niall- na hora que eu disse isso a medy deu um pulo do sofá e ficou me olhado com cara de susto.

niall: oi amor- sorri ao escutar ele me chamou de amor woooooont 

medy sussurrando: bota no viva voz rápido.

eu sussurrando: tá- coloquei no viva voz.

eu: nini eu posso levar uma amiga comigo?

niall: claro que pode.qual o nome dela pra eu mandar fazer o crachá?

eu: é molody

niall: e o sobrenome?

eu sussurrado: seu sobrenome?

medy sussurrando: simpson

eu: é simpson

niall: pronto.

a medy colocou uma almofada no rosto pra abafar o grito.

eu: brigado meu amor

niall: de nada meu anjo.

eu: vo ter que  desligar porque eu vou me arrumar tá. te amo

niall: também te amo.tchau

eu: tchau 

ligação off

medy: eu ouvi te amo? você tá saindo com ele?

bom a medy era uma boa pessoa então eu poderia falar a ela.

eu: to sim 

medy: eu to chocada. você é um  menina de sorte hein

sorri pra ela

eu: vamos se arrumar?

mady: partiu 

ela é muito engraçada eu tava com saudade de ouvir essas gírias brasileiras 

eu: você toma banho no meu banheiro que eu tomo no da minha mãe tá?

medy: tá!
terminei do tomar banho e fui pro meu quarto agente e arrumar a medy tava linda:


eu tava assim:

medy: pronta e você?

eu: prontíssima. agora é só esperar o niall.

medy: fica calma medy não surta na frente do niall, não grita tá.

eu: - escutei a buzina- medy o niall chegou vamos!

medy: ta! ai meu deus eu vou morrer.

eu: eu também. 

descemos e o niall tava esperando agente eu fui na frente cheguei perto dele e ele me deu um selinho.

eu: niall essa é a medy

niall: prazer medy - ele deu um beijo no rosto dela. - vocês tão lindas hein.

eu: brigado - a medy corou. o niall abriu a porta pra gente. a arena onde seria o show não era muito longe então chegamos rápido. niall estacionou o carro. a nós saímos do carro.

medy: eu vou indo lá pra dentro tá?

eu: tá eu ja vou medy

a medy foi pra um lugar onde pega os crachás, eu tava abraçada com o niall.

eu: brigado 

niall: pelo que?

eu: por aparecer na minha vida.- ele me soutou fazendo com que agente ficasse de frente um pro outro.

niall: enque tenho que agradecer por isso.- ele me beijou com nunca havia me beijado antes, havia um sentimento diferente no beijo eu não sei explicar direito o que era, só sei que era bom. nós paramos o beijo.- bom tá na de eu ir.

eu: tá bom.- ele foi pra um lado e eu fui pro outro, dei o meu nome e um moço me deu um crachá. ele disse que a área vip era no fim do corredor, fui andando e tinha uma porta enorme abri a porta e parecia uma mini boate, tinha um bar vários sofás e uma sacada onde agente via o show, fui na bancada e era a maior arena que eu já vi na minha vida, só tinha eu e a medy lá e o barmen é claro. agente ficou sentada no sofá conversando. ela me contou sobre a vida dela. ela morava no rio de janeiro e veio pra cá porque ganhou uma bolsa pra um curso de designer, ela tem 17 anos a mesma idade que eu e etc.

já tinha chegado várias pessoas pra lá, só faltavam 10 minutos pra o show começar.senti meu celular vibrar era uma mensagem do niall 

mensagem niall:

quando o show acabar me espera ai tá? 'niall'


eu respondi:

tá. 'vii' (seu apelido)


o show já ia começar tava passando algumas legendas no telão, a medy tava lá na sacada e fui até ela e ficamos lá, o show começou com up all night.

[...]

o show tinha acabado eles estavam fazendo os agradecimentos, eu gritei muito e a medy nem se fala, agente tava rouca.

medy: então eu vou indo vamos?

eu: não o niall falou pra eu esperar ele.

mady: tá bom. ah já tinha me esquecido eu não peguei o seu numero 

eu: ah é xxxxxxxx- ela anotou.

medy: o meu é xxxxxxxx

eu: tá bom bjo

medy: bjo- ela saiu e fiquei só eu lá eu tava na sacada olhando o palco e lembrando do show, até que sinto alguém me abraçar por trás.

niall: gostou do show?

eu: foi perfeito.

niall: você tá rouca? - ele riu

eu: só um pouco.

niall: vamos eu vou te levar em casa.

eu: tá.- ele puxou minha mão nós fomos, ele me levou em casa.

[...]

niall: pronto tá entregue

eu: brigado, não que entrar?

niall: claro! ele trancou o carro e subiu.

eu me joguei no sofá e ele também. ele ligou a tv e agente ficou asistindo.

niall: vitória(seu nome)

eu: oi 

niall: faz brigadeiro pra mim?

eu: tá só espera ai que eu vou tirar essa roupa e faço pra você. 

niall: tá 


continua



comenteeeeeeeeeeeeeeeeeem


esse foi grande hein rsrs








3 comentários:

  1. brigado linda. espero que continue acessando o blog porque tenho ótimas idéias pros próximos :)

    ResponderExcluir
  2. ameiiiiiiiiiiiiiiii

    ResponderExcluir

ai dentro existe um mundo de possibilidades, só basta imaginar...